Celular de bandido também na gaiola!

Um dos problemas da perícia em celulares é a sensibilidade das provas. Os registros de ligações podem se apagar com o tempo em alguns aparelhos. Smartphones bastante populares como o Iphone (Apple) e N95 (Nokia) possuem softwares antifurto que podem bloquear o celular ou até apagar dados remotamente. Ainda, informações importantes podem ser perdidas ao se retirar a bateria ou quando o aparelho recebe novas ligações/mensagens durante a realização dos exames.

Para minimizar esses efeitos, a solução tecnológica apresentada é utilizar a blindagem eletrostática de uma “Gaiola de Faraday”. Como se pode ver na foto, nada mais é que uma sacola condutora que impede a passagem de ondas eletromagnéticas e, consequentemente, a comunicação do celular com as antenas da operadora de telefonia.

A “Faraday bag” acima, da marca Paraben Forensic, é vendida por 30 dólares pelo site do fabricante. O curioso é que alguns passaportes mais recentes estão vindo com transmissores e o site também vende uma sacola de proteção por 20 dólares específica para garantir a privacidade do seu passaporte.